SECRETARIA DE ESTADO
DA JUSTIÇA E DE DEFESA
AO CONSUMIDOR

Sistema penitenciário sergipano tem mais de um ano sem registrar fugas
30/04/2018

O sistema penitenciário sergipano completou, exatamente, um ano e dois meses sem fugas, no último dia 26 de abril. Essa marca atingida pela Secretaria de Justiça e de Defesa do Consumidor (Sejuc), levou o titular da pasta, o delegado da Polícia Civil, Cristiano Barreto, a fazer um comunicado a todos os servidores da instituição, dando-lhes parabéns pelo feito. O sistema prisional, composto por nove unidades e com cerca de 5 mil internos, é, atualmente, referência para todo país por alcançar essa marca e pelos avanços que vem tendo nessa administração.

“Pessoal, datas como as de hoje não podem passar em branco. Completamos um ano e dois meses de zero fuga!! Parabéns a todos vocês que estão mudando a cara desse sistema prisional, referência para todo país. É show de competência e profissionalismo”, escreveu o secretário nas redes sociais, cujo texto foi compartilhado pelos servidores.

“Esse sucesso só é possível devido o comprometimento dos agentes e guardas prisionais que querem uma segurança pública melhor para os cidadãos. Nosso compromisso de melhorar, a cada dia, as condições de trabalho da categoria, é constante. Seguimos com o nosso foco, a nossa forma de trabalhar”, acrescentou Cristiano Barreto.

Tanto é assim, que o secretário já tomou providências visando os 100 novos agentes que  serão aprovados no concurso público, cuja inscrição está aberta até o dia 6 de maio. Foram  adquiridos, recentemente, 56.100 munições letais para formação destas pessoas, bem como para treinamento dos atuais. A compra deste material foi com recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen).

Desde a posse de Cristiano Barreto como titular da pasta, em 9 de janeiro do ano passado, que a Sejuc vem tendo avanços que beneficiam, principalmente, os servidores. Hoje, todos possuem porte de arma e uma pistola ponto 40, a Sejuc investiu em armas letais e não letais, através da Escola de Gestão Penitenciária (Egesp) vem realizando uma série de cursos para a categoria.  Pela primeira vez, também, os agentes e guardas prisionais receberam coletes à prova de bala que antes eram doados por outras forças de segurança, com a validade próxima do vencimento.

Outra iniciativa bem sucedida de Cristiano Barreto foi transferir a Sejuc para um prédio novo e moderno. A mudança da antiga sede na avenida Beira começou na última sexta-feira e prossegue ainda hoje. E atende uma antiga reivindicação do Ministério Público Estadual no que tange a garantia de acessibilidade  em respeito ao cidadão. A partir da quarta-feira, 2 de maio, a Sejuc estará funcionando na avenida Jorge de Oliveira Neto, 1007, bairro Coroa do Meio.